Microcrédito aprovado na Europa

 

O Parlamento Europeu aprovou hoje em Estrasburgo a criação de um instrumento de microfinanciamento europeu para o emprego que visa dar aos desempregados a oportunidade de iniciar o seu próprio negócio.

O novo instrumento, que deverá ficar operacional já a 1 de Janeiro de 2010 e vigorar pelo período de quatro anos (até ao final de 2013), destina-se a desempregados e pessoas em situação vulnerável que pretendem iniciar ou desenvolver microempresas, ou seja, empresas que empreguem menos de 10 pessoas e cujo volume de negócios anual não exceda dois milhões de euros.

A ideia de criar este microfinancimento partiu da Comissão Europeia, face à elevada procura de microcrédito (empréstimos inferiores a 25 mil euros) no actual período de crise e às dificuldades sentidas pelos desempregados e pessoas em situação vulnerável para aceder aos tradicionais créditos bancários “comerciais”.
 

 

Público

 

publicado por imprevistoseacasos às 18:49 | comentar | favorito
tags: