Família Rodante, a ver...

 

Sinopse

 

No dia do aniversário de 84 anos de Emilia (Graciana Chironi), a octogenária reúne toda a família para um jantar de comemoração, na sua casa aconchegante que conta com um grande quintal no qual são criadas galinhas, os cachorros se divertem e um papagaio diverte os convidados. No auge da comemoração, Emilia recebe um telefonema de Missões, sua cidade natal à qual nunca mais voltou, com o convite para ser madrinha de casamento de uma sobrinha que nem conhece.
Emocionada e orgulhosa, Emilia repassa o convite para toda família, suas duas filhas, seus maridos, filhos, netos e bisnetos. A família e uma amiga dos netos, ao todo doze pessoas, toma conta de uma casa rodante, construída sobre um velho Chevrolet Viking 56, e parte da Grande Buenos Aires para uma viagem de mais de 1.200 quilômetros e dois dias a nordeste, até a fronteira da Argentina com o Brasil e o Paraguai. Na viagem, quatro gerações de argentinos convivem com seus sonhos, suas frustrações, suas dúvidas e seus desejos próprios e típicos. Na primeira parada, o neto traz para o já superlotado carro um cachorro. Problemas no motor provocam uma parada inesperada no calor do interior, próximo a um rio, no qual o clima é de piquenique. E a situação, propícia para os dois primos, que sentiram-se atraídos logo no reencontro, no aniversário da avó, darem vazão a seus desejos. E a viagem continua.

 

 

publicado por imprevistoseacasos às 22:32 | comentar | favorito
tags: