Em branco

 

 

Nada a dizer, apenas aquele torpor do cansaço acumulado. Horas a fio na dispersão da fuga. A desilusão paga-se caro e, quando aparece, apetece trocá-la por uma qualquer pechincha.

publicado por imprevistoseacasos às 21:40 | comentar | favorito