As fériasque não chegam...

Correr, correr, correr. Passamos os dias com as tarefas à frentes dos olhos e com a vontade de fazer aquele gesto que o Zé certamente faria, sem coragem para dizer, chega, não sou capaz. ou pura e simplesmente fingir que não percebemos, ou dizer "are you talkin' to me?"

Enfim, aumentamos o som do rádio, cantarolamos, cortamos o cabelo, sorrimos para o espelho e julgamos que tudo passa, que estamos bem... Até que alguém comenta, "estás com olheiras, andas mesmo cansada...". 

publicado por imprevistoseacasos às 12:37 | comentar | favorito