O frio e a procura

 

 

Apetece o quente das letras, o aconchego de tomar notas num novo caderno. Desbravar aquelas ideias dispersas e procurar nelas o nexo que a vida raras vezes tem.

 

Ora, é isso mesmo: o frio empurra-nos para a procura do nexo das coisas. Ao contrário: o nexo encontra-se na procura.

 

Vou continuar por aqui, entretida em brincar com aquilo que o frio desperta: a confusão da procura.

publicado por imprevistoseacasos às 12:42 | comentar | favorito