Obama já quebra gelo em Cuba...

 

O ex-Presidente cubano Fidel Castro aplaudiu a decisão da nova Administração norte-americana de levantar as restrições às viagens e transferências de dinheiro entre os Estados Unidos e Cuba, mas lamentou que as alterações anunciadas ontem por Barack Obama não contemplem o fim do embargo à ilha que considera ser "a mais cruel das medidas".

“Cuba tem resistido e resistirá” e não pedirá nem aceitará “esmolas”, escreve Fidel num artigo publicado no jornal "Granma", intitulado "Sobre o embargo não se diz uma palavra."

 

Público

 

publicado por imprevistoseacasos às 10:47 | comentar | favorito
tags: