18
Out 10
18
Out 10

House nos Açores, ou quase...

 

publicado por imprevistoseacasos às 09:13 | comentar | favorito
16
Out 10
16
Out 10

Os Gémeos

 

Vá ver, com tempo.Está no CCB. Observe objectos, sorria para os rostos, abra as portas do imaginário. Proposta irrecusável.

 

 

publicado por imprevistoseacasos às 11:28 | comentar | favorito
15
Out 10
15
Out 10

Estamos assim...

 

publicado por imprevistoseacasos às 21:01 | comentar | favorito
tags:
13
Out 10
13
Out 10

Comigo não ...

 

Comigo não resulta. Eu é que sei. Eu é que passo por isto, nem fazes ideia. Quem lá está é que sabe! Vocês aí é que estão bem. No terreno, onde as coisas apertam, é bem pior! Falam do que não sabem. Blá, blá , blá.

 

É impossível ouvir isto, cem vezes por dia, e não desejar que o TERRENO engula estas vozes sofridas. Lamento.

publicado por imprevistoseacasos às 20:22 | comentar | favorito
12
Out 10
12
Out 10

Discorda. Que fique claro.

 

Entra suado na sala. Exige explicações. Limpa o suor do rosto e deixa à vista  um semblante quase verde, quase branco. Exige explicações. Repete compulsivamente que precisa de condições para trabalhar. Exige explicações. Aproxima-se para mostrar o peso de uma imagem de revolta.

Pára durante breves minutos. Parece querer ouvir explicações. Assente afirmativamente. Elogia o outro que fala. Discute. Discorda das explicações e exige a verdade. Aquela verdade que criou em sonhos, que ensaiou sozinho enquanto o outro fala.  A conversa terminou. Sente-se suado e exige explicações. Assim, não. Não quer saber de mais nada. Apenas discorda. Que fique claro.

publicado por imprevistoseacasos às 09:01 | comentar | ver comentários (2) | favorito
10
Out 10
10
Out 10

Afrocubism - irresistível.

 

publicado por imprevistoseacasos às 20:04 | comentar | favorito
09
Out 10
09
Out 10

A entrevista

 

 

Ramiro esconde a comida dentro da mala. Apetecia-lhe devorar, já, tudo quanto tinha preparado quando partira de Melgaço.

Colhera os pequenos tomates cherry e plantara-os dentro do pão comprado por aquela mãe que escondia as lágrimas atrás dos grossas lentes dos óculos. Ramiro acrescentara o queijo de cabra da quinta e, agora no autocarro, sentia-se perfumado por aquele odor tão familiar.

Preparara-se para uma entrevista de emprego e estava pela primeira vez perante um empregador. Na viagem de autocarro, preparara silenciosamente todas as respostas possíveis. Entre o sono e a gula, em  Ramiro pulsava o entusiamo de deixar para trás a quinta, o verde, a família e a pouca liberdade.

Diria que adorava ler, que gostava de crianças e que estava motivado. Bastaria. Qualquer um, que olhasse para ele, veria aquela genuina luz provinciana. Ficaria contagiado pela sua inocência.

Chega finalmente. Mandam-no entrar.

- Bom dia, seja bem vindo - dizem.

- Porra! Já dizia que cá não chegava...

publicado por imprevistoseacasos às 12:51 | comentar | ver comentários (2) | favorito
08
Out 10
08
Out 10

As travessuras de Mário Vargas Llosa

 

Divertimento sem pretensões da grande literatura.

 

publicado por imprevistoseacasos às 08:24 | comentar | favorito
07
Out 10
07
Out 10

O Imprevistos está hoje no Delito de Opinião

 

Recebemos o amável convite do Delito de Opinião para o polvilharmos de Imprevistos. Lá estaremos.

 

 

publicado por imprevistoseacasos às 09:09 | comentar | ver comentários (1) | favorito