No Saldanha, pelas palavras de Almada Negreiros

www.lisboadiariodebordo.com

publicado por imprevistoseacasos às 20:45 | favorito