Miriam Makeba

 

Morreu há poucos dias, em Itália, no final de um concerto contra a máfia. Esta cantora sul-africana, forçada ao exílio durante décadas, foi embaixadora da Boa-Vontade para as Nações Unidas e foi um verdadeiro símbolo da luta dos negros e uma voz inspiradora durante o regime de apartheid. O coração de Mamã África parou aos 76 anos. Fica, aqui, um registo de 2007.

 

 

publicado por imprevistoseacasos às 14:18 | favorito